terça-feira, 14 de maio de 2013

MARIA DA LATA

O céu está cor de chumbo,

a rua empoeirada;

um gato mia na esquina,

Maria leva uma lata.

Maria doida, mulata,

de pés descalços, cansados,

caminha louca com a lata,

e a saia suja e surrada

cobre as pernas espigadas.

O vento brinca com a lata,

com o vestido da mulata,

o vestido dá na lata,

a lata dá na mulata,

e a mulata caminha,

levando consigo a lata.

O céu está cor de chumbo,

A rua empoeirada.


Leda Chini

Nenhum comentário:

Postar um comentário